A Vida

É vão o amor, o ódio, ou o desdém;
Inútil o desejo e o sentimento...
Lançar um grande amor aos pés de alguém
O mesmo é que lançar flores ao vento!

Todos somos no mundo <<Pedro Sem>>,
Uma alegria é feita dum tormento,
Um riso é sempre o eco dum lamento,
Sabe-se lá um beijo de onde vem!

A mais nobre ilusão morre... desfaz-se...
Uma saudade morta em nós renasce
Que no mesmo momento é já perdida...

Amar-te a vida inteira eu não podia.
A gente esquece sempre o bem de um dia.
Que queres, meu Amor, se é isto a vida!

                       Florbela Espanca
Hoje falei com um grande amigo, que por sinal é psicólogo (jeitinho que dá nestas alturas... ). 
Queixei-me da vida, da falta de tempo, enfim... tudo o que um casal com 7 anos 
(deve ser a crise dos 7 anos) não passe. Eis os conselhos:

1. Não se considere propriedade do outro, nem considere o outro sua propriedade.

2. Aceite o outro incondicionalmente. Não exija que o outro seja perfeito. Você não é, é?

3. Cultive a cortesia e o respeito mútuo.

4. Converse, converse sempre. É o único modo de conhecer os pontos de vista,

as preferências e as coisas que não gostam.

5. Lembre-se que as brigas, embora desagradáveis, permitem também que se conheçam.

6. Procure, somente, não emitir juízo de valor, quando as brigas ocorrerem.

7. O erro mais comum numa relação é uma das partes abrir mão de seu espaço individual.

Isto torna impossível a existência de algo comum a ambos. Será apenas de uma das partes.

8.Desfrute coisas juntos. Estes momentos são como tijolos na construção de relações duradouras.

9. Mantenha seu próprio círculo de amizades e estimule o outro a conservar o dele. Evite se enclausurarem.

10. E tenha sempre em mente que uma relação é uma obra que se constrói (ou se destrói ) a dois.

APOIADO! Obrigado pela paciência. 
publicado por Cacau às 14:00
link do post | conversar | favorito